(21) 3129-1029      athenaginecologia@gmail.com    |   

O que você precisa saber sobre ovários policísticos

A Síndrome do Ovário Policístico (SOP) é um distúrbio endócrino que provoca alterações hormonais e formação de cistos nos ovários. Trata-se de uma doença que atinge cerca de 7% das mulheres na idade reprodutiva e é caracterizada pela irregularidade menstrual, pela alta produção de testosterona (hormônio masculino) e pelo inchaço dos ovários.

Causas e Sintomas

As causas ainda não completamente esclarecidas, mas cogita-se uma predisposição genética e uma possível resistência à ação da insulina no organismo, gerando um um desequilíbrio hormonal.

A falta crônica ou a deficiência de ovulação é o principal sintoma da síndrome, acompanhada de atrasos na menstruação; aumento de pelos no rosto, seios e abdômen; obesidade; acne. Os casos mais graves podem apresentar diabetes, doenças cardiovasculares, infertilidade e câncer do endométrio. Algumas vezes a síndrome também pode ser assintomática. As mulheres geralmente descobrem entre os 20 e 30 anos de idade, quando os sintomas surgem logo nos primeiros ciclos menstruais, ainda na juventude.

Diagnóstico e Tratamento

O diagnóstico pode ser feito por exames clínicos e laboratoriais, além de ultrassom ginecológico.

O tratamento depende dos sintomas e se a mulher pretende engravidar ou não. Partindo deste princípio, o médico deve indicar uma combinação de dieta, atividade física e medicamentos/terapias. Essas mudanças podem garantir mais qualidade de vida, mas é essencial uma mudança de hábitos, especialmente para mulheres que estão acima do peso, têm glicemia, pressão arterial e taxa de colesterol altas, portanto, dentro do grupo de risco.

A SOP pode trazer graves danos à saúde ginecológica da mulher, podendo levar à infertilidade. Por isso, se você apresentar algum sintoma ou está no grupo de risco, procure o ginecologista de sua confiança. A síndrome dos ovários policísticos tem tratamento e, quanto antes for iniciado, menores serão os danos.

Fonte: Medical Site

15 de Maio de 2020

Marina Peres Monteiro de Souza Barroso - Doctoralia.com.br