(21) 3129-1029      athenaginecologia@gmail.com    |   

Tudo que você precisa saber sobre os contraceptivos DIU e SIU

O Dispositivo intrauterino (DIU) e o Sistema intrauterino (SIU ou DIU Hormonal/Medicado) são métodos contraceptivos inseridos no útero e que garantem uma proteção a longo prazo. Mais especificamente, por períodos de cerca de 5 anos, dependendo das especificações de cada produto. 

Os dispositivos agem impedindo que os espermatozoides se encontrem com o óvulo, bloqueando a passagem e, portanto, não permitindo que o processo de gravidez aconteça. A principal diferença entre ambos é hormonal: enquanto o DIU consiste em apenas uma estrutura de cobre com um formato de pequeno tubete, o SIU libera hormônios no organismo da mulher. Os hormônios cumprem o efeito contraceptivo, mas geram alguns efeitos colaterais que devem ser discutidos entre médico e paciente. 

Efeitos Colaterais

Ambos os dispositivos provocam alterações no fluxo menstrual. O DIU aumenta a intensidade da menstruação e das cólicas típicas do período durante os três primeiros meses. Já o SIU reduz a intensidade e a duração do fluxo menstrual. Depois de 6 meses de uso é possível até que bloqueie a menstruação por causa da ação dos hormônios.

Eficácia e inserção 

Tanto o DIU quanto o SIU são métodos contraceptivos com alta taxa de eficácia e, caso mude de ideia ou decida engravidar, a fertilidade da mulher estará preservada. 

A grande vantagem é que não dependem da disciplina e administração correta da usuária, como é o caso das pílulas, injeções, anel e adesivo - todos de curto prazo.

A inserção dos dispositivos é feita pelo médico, muitas vezes no próprio consultório. Pode gerar um certo desconforto, mas costuma ser um procedimento simples e rápido. Raramente são métodos contraindicados, mas como o mercado apresenta diversas opções de anticoncepcional, a escolha entre eles depende das peculiaridades de cada mulher. Tudo precisa ser feito sob orientação médica, respeitando as necessidades da paciente.

Fonte: Medical Site

18 de Julho de 2019

Marina Peres Monteiro de Souza Barroso - Doctoralia.com.br