(21) 3129-1029      athenaginecologia@gmail.com    |   

O que é colposcopia?

A colposcopia é um exame complementar e preventivo, usado para rastrear o câncer de colo do útero e até lesões pré-existentes de HPV (Papiloma Vírus Humano). É feita junto com outros testes complementares, como o Papanicolau. O (a) ginecologista examina o colo do útero e a vagina com um aparelho chamado colposcópio, que permite uma visualização aumentada da região. Com a paciente em posição ginecológica, é colocado um espéculo vaginal (bico de pato) para facilitar a aplicação de ácido acético que vai corar as células e permitir que o profissional veja melhor a localização e o tamanho das áreas anormais. A solução pode provocar uma sensação de queimação ou ardência leve.

Após a visualização com ácido acético é aplicado o lugol, substância à base de iodo cuja função também é corar o colo do útero e as paredes vaginais para fornecer ainda mais informações. Pessoas com alergia a iodo devem informar antes do exame ser realizado.

Como é um exame complementar, é geralmente solicitado quando os resultados do primeiro rastreamento - feito pelos testes de Citologia ou Papanicolau - apresentam anormalidades. Aí são necessários mais testes para confirmar o resultado, determinar a gravidade do caso e a necessidade de tratamento. Geralmente, as anormalidades que podem surgir são infecções ginecológicas em geral ou infecção por HPV. Quando monitorada e tratada precocemente, as áreas pré-cancerosas geralmente não evoluem para o câncer cervical. O resultado normal é justamente quando não há nenhuma área com lesão. 

Duração e Preparação para o exame

A Colposcopia leva aproximadamente 10 minutos e provoca um desconforto mínimo para grande parte das mulheres. Por isso nem pede anestesia. Pode ser feita a qualquer momento do mês, menos durante a menstruação. A preparação para antes do exame envolve evitar o uso de cremes ou duchas vaginais e relações sexuais entre 3 e 5 dias. No pós-exame, a mulher deve continuar evitando cremes, duchas, tampões e relações sexuais por 48 horas, especialmente quando houver biópsia. A biópsia geralmente provoca um pequeno sangramento vaginal e uma secreção de coloração marrom por alguns poucos dias, mas não interfere na rotina da paciente. Ela pode voltar ao cotidiano normalmente. 

Fonte: Medical Site

31 de Outubro de 2019

Marina Peres Monteiro de Souza Barroso - Doctoralia.com.br